Agência Correios de Estreito causa indignação na população local

Agência Correios de Estreito causa indignação na população local

Segundo denúncias os serviços são deficientes e não funcionam 505 Views Comentar

Agência não recebe contas nem valores, o cliente é enganado com propagandas e só descobre que os serviços não funcionam quando precisam dele.


Pode parecer piada, mas o Giverno Federal gastou milhões de reais com a propaganda do banco postal, uma espécie de agência bancária que funciona dentro das agências dos correios, o serviço é equiparado com o correspondente bancário, onde contas, pagamentos, saques, depósitos e até abertura de contas pode ser feito diretamente nas agências dos correios.

A publicidade que está no próprio site dos correios não corresponde com a realidade praticada na agência de Estreito.

A agência diversas vezes assaltada, não implantou mais tais serviços, o cliente que precisa dos serviços acaba decepcionado e fica sem entender, afinal, a agência faz ou não parte das milhares de agências que tem este serviço?

Para respondermos está questão é preciso entendermos as seguintes dinâmicas.

1- Por ocasião dos diversos roubos e furtos na agência, que tem como objetivo subtrair dinheiro e objetos de valor, a direção da agência resolveu evitar que dinheiro fosse recebido para que assim os bandidos não sejam atraídos.

2- Claro que a segurança da agência não é das melhores, existe sim um vigilante armado que faz a guarda do local, porém é um número insuficiente para qualquer tentativa de reação em uma situação de necessidade pelo segurança. No mínimo dois guardas deveriam estar ali, um preservando a porta e outro na parte interna dos caixas.

3- Não há proteção nem local adequado para os seguranças ficarem, seria ideal que eles permanecessem atrás de uma proteção ou guarita, onde pudessem se abrigar em caso de um assalto. Atualmente eles são presas fáceis, os bandidos acabam por tomar as armas dos vigilantes e ainda fogem com ela.

4- Hoje não existe um monitoramento em tempo real externo. O que ocorre hoje e que um HD interno (que fica na própria agência) é que grava as imagens das ações dos bandidos, sendo necessário um monitoramento externo, onde seria impossível os marginais levarem as imagens e tal seriaervixo acionaria a PM através seriaervixo um dispositivo de alarme que pode ser acionado por eles.

Os correios possuem estes  problemas, inegavelmente que isso facilita a ação dos marginais, pois os correios viraram mini bancos, com menos segurança e mais vulnerabilidade.

Bem, isso não justifica que a agência de Estreito ainda não pratique tais serviços, até hoje 26/04/2015, a agência informou que não faz serviços que se receba com dinheiro bem mesmo pagamentos rotineiro.

O PROCOM de fazer uma visita aos local e antes verificar o anuncio do site da própria instituição que exibe estas informação como um serviço em funcionamento quando na verdade não é feito em Estreito.

Da importância" as pessoas utilizam as agência para evitarem grandes filas e aglomeração de pessoas nos bancos, assim com um atendimento mais formal, muito perdem a vergonha e abrem sua conta pela primeira vez. Na época o governo queria que as pessoas abrissem contas corrente nas agências, fomentando agências sim uma espécie de igualdade social dentre as classes. Afinal nem ssempre as pessoa estão bem vestidas ou com tempo de entrarem nos bancos, que além da burocracia maior, ainda exigem que as pessoas usem portas giratórias, o que constrange algumas pessoas.

O Jmomento encaminhou email para a assessoria de imprensa dos correios no sentido de receber informações a respeito desse serviço não prestado.

Rádios online