Assistência Social e Serviço Nacional da Indústria assinam acordo para beneficiar pessoas com deficiência

Assistência Social e Serviço Nacional da Indústria assinam acordo para beneficiar pessoas com deficiência

A partir do último dia 23, o Serviço Nacional da Indústria (Senai/TO) será um parceiro permanente da Secretaria de Estado do Trabalho e da Assistência Social (Setas), por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine). O Termo de cooperação foi assinado pela secretária da Setas, Patrícia do Amaral; e pela diretora do Senai, Márcia Rodrigues.

O acordo faz parte da programação do Dia D, dedicado a atender pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), inserindo-oss no mercado de trabalho. “Todas as pessoas são capazes desde que sejam qualificadas, e essa parceria reforça o compromisso do Governo do Estado em preparar ainda mais o nosso trabalhador para um mercado competitivo”, afirmou Patrícia do Amaral.

Já a diretora do Senai caracterizou a assinatura como “um avanço conjunto que potencializará este público-alvo”. Márcia Rodrigues afirmou que os profissionais indicados pelo Sine poderão participar dos cursos da entidade gratuitamente. “Os mesmos não terão nenhuma qualificação diferenciada e participarão das capacitações com as demais pessoas, já que a ideia é, além da qualificação, inseri-los socialmente”, finalizou.

Abertura

Na abertura do Dia D, pessoas com algum tipo de deficiência mostraram, por meio da arte, suas capacidades apesar das limitações. É o caso da performance de Rita Santana, de 40 anos, apoiada pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), há sete anos, que chegou ao local em cadeira de rodas. Um trabalho de valorização e autoestima feitos pela equipe da Apae ajudaram-na a, não só a literalmente andar com as próprias pernas, como também transformá-la em uma bailarina. “O que mais gosto na vida é dançar para muita gente”, disse.

Parceria

O Dia D acontece durante todo o dia no Sine (centro), em Palmas, e tem como parceiros o Ministério do Trabalho/TO, o Senai, e empresas que empregarão os profissionais, voluntários diversos e instituições de apoio às pessoas com deficiências.

Secom/TO

Rádios online