Ex-prefeito de Campos Lindos é preso em Goiás após investigações da Polícia Civil do Tocantins

Ex-prefeito de Campos Lindos é preso em Goiás após investigações da Polícia Civil do Tocantins

Na tarde desse sábado, 5, uma ação conjunta realizada pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Araguaína e pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMTO), resultou na prisão do ex-prefeito de Campos Lindos, Gilson Alves de Araújo, de 68 anos de idade. 

Ele possui sentença condenatória transitada em julgado, pelo crime de homicídio, e foi capturado por policiais do 28º BPM da PMGO, mediante o cumprimento de mandado de prisão, expedido pelo Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), quando se encontrava escondido em uma residência localizada na zona rural do município de Alexânia (GO). 

Conforme o delegado titular da Deic, José Anchieta de Menezes Filho, Gilson foi condenado a uma pena de reclusão de 20 anos, por ter, no ano de 2003, mandado matar Deusimar Soares Santana, também ex-gestor de Campos Lindos. “De acordo com as investigações realizadas pelas equipes da Deic Norte, ao longo de algumas semanas, conseguimos localizar o paradeiro do acusado e, desta maneira, repassamos as informações aos policiais militares de Goiás, que fizeram a prisão do ex-prefeito”, ressaltou o delegado. 

Por questões de segurança, Gilson Araújo foi encaminhado ao presídio de Anápolis-GO, onde aguardará transferência para o Estado do Tocantins. Ainda, segundo o delegado, o crime teria sido motivado por desavenças políticas entre vítima e acusado, uma vez que ambos disputavam o cargo de prefeito de Campos Lindos à época dos fatos. 

O crime

Na noite do dia 18 de março de 2003, Deusimar Soares Santana estava na chácara de um amigo, localizada a 18 km de Araguaína, quando homens encapuzados chegaram ao local em veículo Fiat Pálio, de cor cinza, com placa de São Paulo e dispararam um tiro de espingarda no rosto do ex-prefeito, que veio a óbito no local.

SECOM/TO

Rádios online