Governador Flávio Dino inaugura Hospital em Imperatriz-MA e o povo de Estreito espera

Governador Flávio Dino inaugura Hospital em Imperatriz-MA e o povo de Estreito espera

Espera, espera, espera, espera, espera...

O governador Flávio Dino chega hoje a Imperatriz para a inauguração do novo Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, que promete ser a principal referência no tratamento de câncer para 43 cidades maranhenses das regionais de saúde de Imperatriz, Açailândia, Barra do Corda e Balsas.

O hospital é referência regional para o atendimento oncológico, de média e alta complexidade, com prestação de serviços para região de Imperatriz e regiões circunvizinhas. A Central de Regulação do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto é responsável pelo recebimento, avaliação e controle dos pedidos de internação nas áreas de clínicas médica, cirúrgica, oncológica e clínica cirúrgica oncológica, assim como Terapia Intensiva Adulto, por meio de leitos regulados e referenciados.

Com um investimentos de cerca de R$ 37 milhões e capacidade para atendimento de quase 1.300 pessoas, o Hospital teve sua construção iniciada pela ex-governadora Roseana Sarney, portanto é mais uma obra inaugurada pelo atual governo do Estado que foi iniciada pelo anterior.

Por isso, mais uma vez o governador sofre com as críticas da população do sul do Estado. Flávio Dino venceu a eleição para o governo com a promessa de resolver todos os problemas do Maranhão, mas até agora nada, nenhuma obra inaugurada tem seu DNA.

Fora isso, no plano político o governador também sofre; isso porque a tão criticada política de perseguição aos adversários não mudou em sua gestão, pelo contrário, ficou ainda mais evidente. Como exemplo, até pouco tempo a própria cidade de Imperatriz sofria com a cegueira proporcional de Dino ao não enxergar a cidade; agora, com a candidatura de sua pupila Rosângela Curado à prefeitura, o governador volta a ver Imperatriz com bons olhos. Diferente de Porto Franco, a cidade recebe grandes benefícios, é uma das que mais recebe recursos, muito embora não seja visível a aplicação dessas verbas.

Outro município que sofre com o desinteresse proposital de Flávio Dino é Estreito, governado por Cícero Neco. O governador esquece de enviar uma bola que seja para o município, politicamente esta é uma tentativa proposital de desestabilizar Cícero e dar força aos seus aliados no município. Mudou alguma coisa?

Prova disso foram os lançamentos de projetos de esfaltamento em várias cidades da região da chapada das mesas, mas, Estreito não foi incluso. Questionado sobre a não inclusão de Estreito nos programas e se isso se devia a Cícero ter sido adversário na campanha para o governo do Estado, foi negado pelo Secretário Clayton Noleto, que afirmou que Estreito será incluso em próximas ações. Outros projetos foram lançados e adivinha?

Por essas e por outras o sentimento em Estreito é de que Dino abandonou a cidade, mentiu e iludiu seus moradores. E esse não é um sentimento exclusivo dos esteitenses, muitas outras cidades compartilham dessa insatisfação e o classificam como o pior governador do Maranhão.

Talvez por isso, as camisas e adesivos estejam se multiplicando; trazendo os dizeres “Flávio Dino nunca mais”.

Rádios online