MARANHÃO: Projeto de exportação de carne pelo Porto do Itaqui já mostra avanço

MARANHÃO: Projeto de exportação de carne pelo Porto do Itaqui já mostra avanço

O Porto do Itaqui está mais próximo de consolidar o projeto de exportação de carne processada para os Estados Unidos. O assunto foi discutido nesta quarta-feira (05) com executivos da operadora logística Transpes. O encontro foi realizado no estande do Itaqui na 23ª  Intermodal, a maior feira de logística da América Latina, que acontece em São Paulo e segue até esta quinta-feira.

A empresa está se credenciando como operadora portuária para participar mais ativamente do projeto de exportação de carne que está sendo desenvolvido pelo Governo Federal, por meio do Ministério das Relações Exteriores e do Porto do Itaqui.

“Estamos avançando também em conversa com representantes do governo norte-americano. A ideia é que no próximo mês a Transpes anuncie investimentos para a instalação de um terminal logístico próximo ao Itaqui”, afirmou o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago.

De acordo com o diretor comercial, Mário Lincoln, o plano é colocar em operação “um terminal para interligar rodovia e ferrovia dentro da área do Porto do Itaqui para trabalhar oportunidades de operações de contêineres e também de granéis”. Entre os investimentos previstos, estão um ramal ferroviário e uma câmara frigorífica para inspeção dos contêineres.

O projeto

A meta do Porto do Itaqui é ser o principal ponto de escoamento da carne brasileira processada da região Centro-Norte do Brasil para o exterior. Com as transformações e os investimentos no porto, deve haver queda de 80% no processo burocrático para exportar o produto.

A modernização inclui diversas etapas, desde a inspeção até a emissão da documentação para exportação. Todas essas etapas reforçam a garantia da qualidade da carne, pela transparência do processo e pela tecnologia que está sendo investida.

Rádios online