REDUÇÃO – BANCO DO BRASIL REDUZ NÚMERO DE AGÊNCIAS

REDUÇÃO – BANCO DO BRASIL REDUZ NÚMERO DE AGÊNCIAS

MARANHÃO PERDE 13 AGÊNCIAS

Em 2019 o Banco do Brasil deve ampliar seu atendimento na área digital e diminuir seu número de agências físicas em todo o país. Segundo o BB serão fechadas 31 superintendências regionais e 402 agências; além disso 179 agências serão transformadas em postos de atendimento bancário.

Em 2017 devem ser abertas 255 novas unidades de atendimento digital, entre escritórios e agências digitais, que irão se somar às 245 já existentes que já atendem 1,3 milhão de clientes com expectativa de chegar a 4 milhões ate o fim do próximo ano.

Com essa nova estratégia, a expectativa da redução de mais de 9 mil vagas no quadro do banco. O Maranhão vai perder 13 agências; cinco serão fechadas e oito serão transformadas em postos de atendimento.

Na capital São Luís, as agências do Anjo da Guarda, Jaracati, da Praça Deodoro e do Hospital Materno Infantil vão ser atingidas. Já no interior do estado, serão encerradas as agências dos municípios de Açailândia, no Parque das Nações, e Imperatriz na Praça da Cultura. Serão transformados em postos de atendimento as agências dos município de Amarante do Maranhão, Itinga do Maranhão, Lima Campos, Matões, Olho d'àgua das Cunhãs, Paranarama, e em São Luís serão transformados em postos as agências dos bairros Alemanha e Anil.

O Maranhão tem 161 unidades de atendimento, sendo 118 agências e 43 postos de atendimento. Conta ainda com 357 correspondentes bancários, 1017 caixas eletrônicos e 261 terminais da rede Banco 24h.

O Banco do Brasil incentiva aposentadoria; com isso, dos 1.892 funcionários no Maranhão, 248 vão receber proposta de se aposentar com valor correspondentes a até 12 salários, além de indenização por tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, dependendo do tempo de empresa.

Rádios online